Projetos

O Projeto Guerreiros do Futuro aconteceu nos anos de 2013 e 2014, patrocinado pela empresa de telefonia Tim em parceria com a Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude quando foi utilizado o mecanismo da Lei de Incentivo ao Esporte.

O investimento atendeu ao objetivo de fomentar as artes marciais e contribuir na formação cidadã dos alunos. Na ocasião, foram atendidas 500 crianças e adolescentes em 4 comunidades: Complexo do Alemão, Manguinhos, Nova Iguaçu e Terreirão.

O projeto foi apoiado e captado pelo benefício da Lei Pelé, iniciou as atividades em 2016 e foi executado com muito sucesso em parceria com a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado do Rio de Janeiro ate o ano 2020.

Teve na manifestação do esporte educacional sua sustentação, com a participação anual, mais de 1000 crianças, adolescentes e jovens nas práticas esportivas. Destinado ao aprendizado de diferentes modalidades de lutas e artes marciais pelos estudantes das comunidades de Nova Iguaçu, Jardim Gramacho, Complexo do Alemão, Vila Cruzeiro, Terreirão, Mangueira e Bangu.

O próprio participante escolhia a modalidade de sua preferência, dentro do número de vagas disponíveis por turma e horário dos núcleos. A prioridade para a inscrição era para moradores de comunidades e que estivesse em idade escolar, apresentando uma declaração da escola e a certidão de nascimento, respondendo a um questionário modelo parquê. Além das crianças, adolescentes e jovens o projeto também apoia a participação dos pais e responsáveis como participes do processo ensino aprendizagem.